DELITO SEM CORPO

Editorial Presença, 1996

Prémio Máxima Revelação

Divorciada inconsolável, Berta decide seguir o ex-marido e a sua jovem amante até à América onde, na condição de médico, Jaime foi convidado a participar num simpósio.

Numa projecção dos seus próprios sentimentos paranóicos de suspeição e medo na mulher que acusa ter-lhe destruído a vida, Berta concebe e leva a cabo um patético plano de vingança condenado a falhar porque a natureza confiante e intrépida da sua rival é o oposto da sua.

Situado em Lisboa e a cidade de Nova Iorque, Delito sem corpo possui a

​atmosfera intensa e misteriosa de um thriller psicológico que se coaduna na

perfeição com o comportamento obsessivo, produto da mente profundamente

perturbada, de Berta.

“Um invulgar livro de estreia, pela segurança e maturidade que revela a contar-nos uma estranha história de delírios e de vinganças; de equívocos e de jogos amorosos tumultuados.” Maria Teresa Horta, Diário de Notícias 25.03.96.

 

“’Delito sem Corpo’ é para mim um romance de desencontros, de desencontros perfeitos. E a escrita flui como as vidas em viagem.” José Barrias, JL Jornal de Letras Artes e Ideias 03.07.96

© 2020 Ana Nobre de Gusmão. Created by Castelero Design.